Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

A lenda de Aristóteles e Filis - (ou A bela vence o sábio)

Fonte da história abaixo

A bela vence o sábio - Aristóteles e Filis

Uma pouco conhecida, erótica, burlesca e cômica história envolve um dos maiores filósofos de todos os tempos.

Aristóteles, como todos sabem, sempre foi um homem da razão e da sabedoria. Foi ele que, em suas reflexões, cunhou importantes conceitos da física, da metafísica, das leis da poesia e do drama, da música, da lógica, da retórica, do governo, da ética, da biologia e da zoologia. Foi ele também o tutor do maior conquistador da Macedônia, Alexandre - O Grande.

Com tanto poder e conhecimento, fica difícil imaginar que alguém possa dobrá-lo de forma tão humilhante quanto fez Filis, uma bela cortesã e amante de Alexandre, o jovem.


A história.

Alexandre, em uma de suas expedições à India, se apaixona por uma mulher, Filis, e começa a se relacionar com ela. Filis era uma mulher dotada de notável beleza, apaixonante, e Alexandre começa a se encontrar com ela incessantemente, negligenciando por diversas vezes seus deveres.

Aristóteles percebendo isso aconselha Alexandre a largar Filis, ou diminuir seus encontros com a moça, para se dedicar mais nos exercícios da virtude e as responsabilidades do governo. Alexandre, como um bom discípulo acata o conselho do mestre e se torna mais comedido. Filis, que até então gozava dos prazeres de estar do lado do homem mais poderoso da terra viu-se ameaçada. 

Alexandre respeitava Aristóteles pois este era o mais sábio dos homens. Como ela poderia dobrá-lo ? A resposta está no instinto. Filis decide seduzir Aristóteles. Não há razão superior que ache fácil combater os desejos da carne, as insinuações sensuais de Filis, com danças no jardim e cantorias começaram a perturbar Aristóteles ao ponto deste se vir completamente hipnotizado pela jovem.

Aristóteles desce de seu pedestal supra-humano e começa a observar constantemente as belas curvas de Filis, dia após dia, e até chega a se declarar. Filis, com o jogo já ganho, bola um plano diabólico para humilhar o filósofo. Ela oferecerá seu corpo, e pede apenas uma condição, que Aristóteles prove seu amor por ela, que engatinhe até ela e a deixe cavalgar em cima dele.

E foi exatamente o que ele fez. Engatinhou até Filis, e deixou-a montar em cima. Ela teria antes preparado todo o cenário para que Alexandre visse o homem que ele mais respeitava, depois de seu pai, dobrado e humilhado pela paixão.

A mensagem é clara e ela foi repassada com clareza: se um homem velho como ele foi pego nesta situação por causa do amor, acontecerá o mesmo a um fedelho como Alexandre, e o que é a razão para impedir que o desejo erótico? Não serve nem a idade, ou reputação, ou conhecimento.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...