Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Uma carta...

Canarana, 09 de março de 2013.


Minha amada,

nesta manhã, acordei querendo escrever-te esta carta. Há tempos não trocamos palavras pelo serviço tão démodé dos correios e telégrafos, mas, ainda assim, o conteúdo desta é o mesmo que pelos últimos dezessete anos venho sussurrando aos teus ouvidos: eu te quero, meu amor!

Escrevo como quem derrama propositalmente a última noite sobre teu colo de orquídeas selvagens. Escrevo, portanto, para que ouças mais uma vez: eu te desejo, meu benquerer! E a minha intenção é afagar-te com minhas palavras; projetar sobre teu corpo a poesia da intenção que há neste meu coração... As palavras que escrevo são sangue, carne e espírito lançados sobre o cuidado frágil de tuas mãos. Desejo estar exatamente na presente situação em que me encontro: correndo todos os riscos que o amor revelado traz aos que se confessam cativos deste delicadíssimo sentimento.

Peço, minha eleita, tua atenção redobrada às palavras, porque elas são tudo o que tenho. Elas são o buquê que oferto, as emissárias deste meu querer que te dedico. E se desejo é porque desejo com especial interesse, pretendendo que a flor do teu querer se abra a ti no jardim dessa tua casa e aspires a fragrância com a qual desperto teu corpo para mim.

É desejo, repetirei, é adquirir, possuir o que há de melhor em ti e que somente a mim revelas por inteiro e me pedes que te guarde na palma desta minha mão. É tua flor que fica por mais tempo aqui... Quero fazer tenção de lhe acordar, ensaiar este novo dia, procurar despertar teu desejo à maneira que despertas o meu... O que quero de ti, meu amor, tem nome impronunciável!

Há palavras que as uso e levam no vento esta simpatia, a amizade e o afeto que tenho por ti, minha favorita. Todavia, há palavras pesadas, insustentáveis e que não se permitem ser carregadas pelo ar. Estas só podem se manifestar naqueles momentos de nossas tempestades em que árvores, casas e cidades inteiras são arrancadas ardorosamente do chão quando de nossos encontros. Nestes momentos, novas palavras se acrescentam incisivamente ao dicionário de nossa paixão, como que ordenadas ou exigidas pela sofrega flor de nosso querer.

Manifesto, meu amor, a minha própria vontade com toda minha decisão e eu decidi querer-te para sempre! Permita-se, lânguida, consinta-se sob meus braços... Esta carta é um convite aos teus anseios, uma sugestão do que ainda não nos veio, um oferecimento de tudo o que ainda podemos. Um dia, deste teu coração a mim por direito e o que faço a cada dia é tão somente relembrar-lhe teus votos ditos sob a forma de pequeninas lágrimas cristalinas caídas sobre o altar. Exija de mim o que lhe é por direito também concedido e somente teu, minha preferida!

Enfim, vejo todas as palavras entregues nesta carta apenas para dizer: eu quero! Dediquei-me a catar cada uma destas palavras e cultivá-las aqui - jardim que entrego a teu talante – para que teus olhos possam conhecer mais uma vez este mistério da encarnação. A carne de meu desejo fez-se palavra para que me leias por inteiro! Estou na iminência do fracasso de não conseguir fazer-te entender-me direito: ouça, meu predileto amor, são apenas mil maneiras diferentes de dizer: eu quero!... Usei-as todas, as palavras. Quais mais me restam? Ainda estas últimas que te escrevo: aguardo tua anuência diária a este meu tão quisto querer, para que me elejas a ti por teu eterno amor querido!

Carinhosamente,

FR.

Um comentário:

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

Nem sei mais o que dizer de vocês dois...EXEMPLOS DE VIDA...SUPERAÇÃO...UNIÃO...AMOR...FIDELIDADE...FÉ.

Que DEUS guarde esta carta no CÉU. Que a SELE com SANGUE.
Que seja sempre...UM AMOR ETERNO.
Beijos no coração de vocês.
Suas amiga.
Clélia.

veja este vídeo depois.
http://youtu.be/57X1nu5JtMc

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...