Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Por que distribuir 70 milhões de camisinhas durante o carnaval?


 Matéria da Folha Online:

O governo brasileiro distribuirá durante o Carnaval deste ano 70 milhões de preservativos como medida de prevenção contra a Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, anunciou nesta quinta-feira o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Nas cidades que mais recebem visitantes durante o carnaval, que será celebrado em todo o país entre 17 e 22 de fevereiro, como Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Olinda, São Paulo e Ouro Preto, serão realizados exames gratuitos de HIV, com resultado imediato, indicou Padilha.
O ministro, citado pela estatal Agência Brasil, apontou que a campanha de prevenção neste ano terá como foco os jovens homossexuais com idades entre 15 e 24 anos.
O Ministério da Saúde indicou que o contágio de aids nos jovens heterossexuais entre 15 e 24 anos caiu 20,1% entre 1998 e 2010, mas na população homossexual dessa faixa etária aumentou 10,1% no mesmo período.
____________________________________________________________________

Será que casais casados tem mais relações sexuais durante o feriado do carnaval? LEIA MAIS DESTE NOSSO POST, CLICANDO AQUI: "POR QUE DISTRIBUIR 70 MILHÕES DE CAMISINHAS DURANTE O CARNAVAL?"

3 comentários:

Velvet Poison disse...

Hum... não sou contra, em particular, a distribuição de camisinhas. O que me dá nos nervos e considero que faz parte do direito à informação, antes do que uma simples discussão de valores morais e religiosos, é que o governo não promove nem apoia campanhas onde se diga que não é obrigado a fazer sexo, principalmente, para os adolescentes e jovens. A forma como são conduzidas as campanhas dão a impressão que sexo é quase obrigatório! E não é. Pode-se dizer não, eu não quero agora.

Abraços!

Casal 20 disse...

Exatamente, Regina! A forma como é conduzida a campanha é que empurra o carro ladeira abaixo!

Também não sou contra a distribuição, mas creio que se deva falar a verdade completa, informação total. Principalmente, numa campanha de massa como a que estou discutindo. Há muito em jogo, principalmente a falsa sensação de prevenção, que acaba colocando muito mais em risco pessoas que se julgam prevenidas como citou o Reinaldo Azevedo.

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

Tatiana disse...

Oi Fabio.
Adorei a historia do começo do teu blog!!!Que romântico...rs!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...