Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O Cântico dos Cânticos e o Yom Kipur - Cantares sobre Cantares (XII)

O rabino Simão Ben Gamaliel (140 d. C.) comenta o antigo costume de saírem a dançar pelas vinhas as meninas de Jerusalém, no Dia da Expiação, exortando os homens a escolher entre elas e suas noivas e invocando versículos do Cântico dos Cânticos. Tal costume, porém, pode-se relacionar com resquícios de cultos da fertilidade e, nesse caso, não deixa de ter, igualmente, um significado religioso (G. H. Cavalcanti).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...