Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

O averso - Cantares para ela mesma (XIII)




Para Lucila Ribas

Ainda que recostada sobre meu peito,
instaurada está a tua arcana distância:
a medida imensurável por excessiva!

Teu inaccessível pensamento,
o grito amortecido no silêncio:
a chave falsa que não te abre!

O manifesto que não me escreves,
a pedra em que lavro - sou ourives:
segredos revelados na noite escura!

O símbolo do corpo que não interpreto,
o código da tua alma que não te decifro:
as sombras claras nos meus olhos cegos!

O fugidio de tuas intenções anunciadas,
eternidade efêmera do segundo contido:
lírio branco que nasce e morre todo dia!

Incapaz de reter na rima a tez da tua vida,
descerra-se de todo meu poema o fracasso:
a condição secreta da minha palavra falida!

A pedra perfeita, da qual meu verso é arrancado,
é este teu mistério sincero que me deixa inquieto:
riso sério que mascara de teu furtivo o teu reverso! 

Fábio Ribas

6 comentários:

disse...

Profundo.Paz queridos!

Jorge Fernandes Isah disse...

Rapaz,

Muito legal!

Tu tens futuro!

Permita-me republicá-lo no "Eliot, Cowper & outros"... Na verdade, já está publicado, para o caso de você não permitir [rsrs].

Grande abraço!

Pr. Anselmo Melo disse...

Olá meu amigo.Seja bem vindo de volta.Que Deus continue inspirando vidas através de vocês.Um grande abraço.Paz!

Mariani Lima disse...

Fábio,
Q bom receber tua visita! Q maravilha ver essa tua poesia! Q bom quando um homem mesmo após anos de convívio consiga enxergar a sua amante como uma terra nunca descoberta completamente. Essa busca não permite qua rotina vazia se instale. Parabéns pelo tipo de relacionamento que vcs têm cultivado! Deus os conserve sempre assim.
Um grande abraço nessa família que aprendi a admirar. Fiquem com Deus.

Casal 20 disse...

Amor, linnndos versos dos quais não sou digna! Amo-te!!
Sua Lu

Carlos Lopes disse...

Rapaz, és fera! Adorei O Averso. Parabéns e felicidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...