Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Perenemente encantador e enigmático - Cantares sobre Cantares (IV)

"...nenhuma composição literária de dimensão comparável provocou ou inspirou um tal volume e uma tal variedade de comentários e interpretações" (Marvin Pope).

"o instrumental crítico desenvolvido e aperfeiçoado na análise das literaturas do Pentateuco, da profética e da historiográfica da Bíblia tem sido inadequado para lidar com um livro bíblico que é essencialmente diferente do restante do corpo escriturário" (Carol Meyers).

"...de todos os monumentos literários do povo judeu é, sem contradição, aquele cujo plano, natureza e sentido geral são os mais obscuros" (Ernest Renan).

"Perenemente encantador e enigmático" (J. William Whedbee).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...