Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Giordano Bruno - Cantares sobre Cantares (IX)

"Sentei-me sob a sombra do que eu desejava... O melhor que o homem pode conquistar neste mundo é, em qualquer caso, a experiência suprema da sombra..." (Giordano Bruno, padre panteísta, queimado vivo pela Inquisição, em sua interpretação alegórica e mística de Cantares 2:3).



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...