Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Ao teu nome - Cantares para ela mesma (VIII)


Para L.R.

Luzinha nas costas de uma abóboda celeste,
estrela acesa e clara só por ver que tu vieste.

Farol luminoso que parte a treva que invade:
resgate de um sol vigoroso que sempre arde.

Pequenina luz é o que teu nome significa:
fogueira que queima na noite de uma ilha.

Fulgor sobre estes versos que deixo aqui:
evidências do meu amor iluminado de ti! 

F.R.

3 comentários:

Casal 20 disse...

Que lindo, amor! Obrigada! Te amo!
Sua Lu

helena disse...

Oi amigos! vim aqui fazer uma visitinha e deixar um grande abraço afetuoso a vocês! e dizer que o post de vocês no blog da Rô está tremendo! que Deus continue lhes abençoando, tenham um lindo final de semana!

Ah! me perdoem a ausência, é que estou muito atarefada ultimamente!

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

Sabem aquele AMOR que brota com toda a força e rompe a terra com tamanha certeza de SER...que vem pronto para florescer, dar frutos,fincar raízes profundas?!
É esse o amor que declaro a vocês dois.
AMOR que não precisa de palavras...o olhar VERDE já diz porque sempre quer ficar.
AMOR de DEUS...que sela...que marca...eterniza.
F*E*L*I*C*I*D*A*D*E*S! Que o dia dos namorados prá vocês seja eterno.

VOCÊS MORAM NO MEU CORAÇÃO...Vamos que vamos!...kkkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...